Ir para o conteúdo

Prefeitura de Penápolis / SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2022
Prefeitura de Penápolis / SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
27
27 JUL 2021
EDUCAÇÃO
Secretaria de Educação retoma atendimento em fonoaudiologia
Foto Noticia Principal Grande
A aluna Thaiane Vitória gosta dos jogos que são dados como exercícios de fono
enviar para um amigo
receba notícias
Desde a volta às aulas presenciais na rede municipal que aconteceu dia 05 de julho, a Secretaria Municipal de Educação também retomou os atendimentos de fonoaudiologia com os alunos que precisam desse acompanhamento. 
Por conta da pandemia, ainda não foi possível retomar as atividades de fomo em grupo, porém, os atendimentos individuais acontecem normalmente, cumprindo todas as medidas sanitárias de combate à Covid-19. 
O acompanhamento dos alunos é feito pela fonoaudióloga da Secretaria de Educação, Eleni Iris Tozatti Assi Ronconi, que avalia cada caso e propõe exercícios voltados especificamente para correção da fala ou escrita, de acordo com a faixa etária da criança.
Segundo explicou a fonoaudióloga, o atendimento é feito exclusivamente aos alunos da rede municipal de ensino, tanto da Educação Infantil quanto do Ensino Fundamental (até o 5º Ano). “Normalmente a escola encaminha a criança para o tratamento, após o professor identificar alguma falha/atraso na linguagem ou escrita deste aluno. Então fazemos uma avaliação individual e iniciamos o atendimento com atividades que são realizadas comigo e outras que são enviadas para a criança fazer em casa”, comentou Eleni. 

Jogos e leitura
Por se tratar do público infantil, o tratamento em fonoaudiologia é feito de forma lúdica, com a utilização de brincadeiras como jogo de memória, cara a cara, palavras cruzadas, quebra cabeça, perguntas e respostas e até mesmo jogos on-line. 
“Por meio dos jogos, é possível identificar e corrigir se a criança apresenta algum atraso no desenvolvimento da linguagem (fala), alguma alteração na escrita, se troca as letras para falar ou para escrever. Então fazemos exercícios específicos para corrigir essas falhas, contribuindo para o desenvolvimento do aluno em sala de aula”, disse a fonoaudióloga. 
E a pequena Thaiane Vitória de Oliveira Madureira, aluna do 5º Ano da Emef Marilena Cipriano Pereira aprova os exercícios que são dados durante o tratamento de fono. “Eu gosto muito quando tem jogos. Gosto do jogo da memória e cara a cara, principalmente. Só não gosto muito de fazer a tarefa, nem da escola, nem da fono”, confessa toda sorridente a menina de10 anos. 

Capacidade
Por conta da pandemia, o atendimento com a fonoaudióloga é feito com metade de sua capacidade, ou seja, antes eram atendidos mais de 40 alunos por semana, mas atualmente são 23 crianças. Além disso, não acontece mais os atendimentos em grupo, apenas individuais, além das avaliações feitas pela profissional. 
O acompanhamento presencial é realizado com a criança uma vez na semana, com duração de uma hora. No caso de aluno da Educação Infantil, são propostos exercícios para o desenvolvimento da Comunicação Oral e para os alunos do Ensino Fundamental, as atividades são direcionadas para a área de Leitura e Escrita. 
Cada criança tem seu próprio tempo de desenvolvimento, por isso o período de tratamento de fono varia de acordo com as especificidades de cada um. Assim que os problemas na fala ou escrita são corrigidos, a criança é liberada do atendimento.  

Secom – PMP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia