Ir para o conteúdo

Prefeitura de Penápolis / SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Domingo, 27 de Novembro de 2022
Prefeitura de Penápolis / SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
14
14 JUL 2021
DAEP
Prefeitura alerta para economia de água durante estiagem
Foto Noticia Principal Grande
Vazão do Lajeado teve redução de 70% na última quinzena de junho; situação traz riscos de racionamento de água
enviar para um amigo
receba notícias
Por conta do período de estiagem em que Penápolis enfrenta mais de 30 dias sem chuvas, a Prefeitura e o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) alertam para necessidade de economia de água para evitar o racionamento no município. 
Nesta segunda-feira (12), o prefeito Caique Rossi e o presidente do Daep, Carlos Alberto Bachiega estiveram no Ribeirão Lajeado e verificaram a redução no índice de vazão do único manancial de abastecimento da cidade. De 16 a 30 de junho, a vazão média do Ribeirão teve redução de 7,73%, segundo dados do Daep. 

Vazão do Lajeado
O prefeito Caique Rossi enfatizou que em março deste ano a vazão média era de 965 litros de água por segundo. “Na última quinzena de julho, esse índice foi de 633 litros por segundo, uma redução que traz muita preocupação e exige um envolvimento de toda a população na economia de água”, alertou.
Ainda que o sistema de abastecimento da cidade esteja no grau estável, a redução da vazão do Ribeirão Lajeado em um curto período de tempo traz riscos de racionamento para a cidade. O Plano de Contingência elaborado pelo Daep traz quatro graus de criticidade: estável (até 80% de comprometimento na capacitação), alerta (de 80 a 90%), crítico (90 a 100%) e racionamento (acima de 100%).
“O comprometimento da capacidade de captação no ribeirão foi de 70% no período de 16 a 30 de junho. Essa situação nos preocupa muito e para que não tenhamos que tomar uma atitude drástica de racionamento de água, nós precisamos contar com a colaboração de cada um”, afirmou o prefeito.

Consumo de água
Segundo dados do Daep, nos três primeiros meses de 2021 foi registrado um crescimento no consumo de água potável pela população. Em janeiro, o consumo foi de 382.739 metros cúbicos e em fevereiro, 401.808. Já em março, o consumo de água potável foi de 378.263 metros cúbicos.
No mês de abril, o consumo registrado foi de 366.196 metros cúbicos de água. Em maio, houve um aumento de cerca de 4,5%, quando foram consumidos 382.830 metros cúbicos. O consumo se manteve estável em junho, com 382.100 metros cúbicos consumidos. 
“Estamos enfrentando um grave período de estiagem e temos registrado um aumento no consumo por parte da população. A última chuva em Penápolis foi registrada no dia 11 de junho. Desde o início do ano foram apenas 40 dias de chuva e 487 milímetros. Neste momento crítico, precisamos da colaboração de todos na economia de água”, finalizou o prefeito Caique Rossi.

Secom – PMP
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia