Ir para o conteúdo

Prefeitura de Penápolis / SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Penápolis / SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
17
17 NOV 2021
DESENVOLVIMENTO SOCIAL
Sasc orienta beneficiários sobre Programa Auxílio Brasil

Calendário de pagamentos foi iniciado hoje (17) e seguirá o mesmo modelo do Bolsa Família

A Sasc (Secretaria de Assistência Social e Cidadania) orienta a população sobre o novo benefício Auxílio Brasil, programa que substitui o Bolsa Família. O calendário de pagamentos começa hoje (17) e segue o mesmo modelo anterior. Aqueles moradores que já eram beneficiários do Programa Bolsa Família serão transferidos automaticamente para o Auxílio Brasil.
Segundo o secretário de Assistência Social, Pedro Luis Menti Sanchez, nesses casos não será necessário fazer um novo cadastro no CadÚnico. “Para os saques dos pagamentos, os beneficiários usarão o mesmo cartão e a mesma senha. Basta observar o número final do seu NIS (Número de Identificação Social) e acompanhar o calendário de pagamento”, afirmou
“A atualização cadastral é obrigatória para as famílias que tiveram alguma mudança na composição familiar, alterações de endereço, renda, trabalho ou escola. Todas as alterações devem ser informadas para evitar o bloqueio e suspensão do benefício. Qualquer dúvida, é do procurar o Cras (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo de sua residência”, explicou o secretário.

Auxílio Brasil
Podem participar do Programa, as famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham, em sua composição, gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças, adolescentes e jovens entre 0 a 21 anos incompletos.
As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de zero a R$ 100,00. As famílias pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 100,01 a R$ 200,00.
Para se candidatar ao Programa é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e tenha atualizado seus dados cadastrais nos últimos dois anos.
O cadastramento é um pré-requisito, mas não implica a entrada imediata da família no Programa. Mensalmente, o Ministério da Cidadania seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício.
Vale lembrar que o programa exige o acompanhamento de saúde e de educação para o recebimento dos benefícios. Na área da saúde é necessário manter atualizada a carteirinha de vacinação e o acompanhamento nutricional de crianças de até sete anos e o acompanhamento pré-natal para as gestantes beneficiárias.
Na educação, o programa exige a frequência escolar mínima de 60% para crianças de 04 e 5 anos e 75% para os beneficiários de 6 a 21 anos incompletos. 

Secom - PMP
Seta
Versão do Sistema: 3.1.9 - 17/01/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia