Ir para o conteúdo

Prefeitura de Penápolis / SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Penápolis / SP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
02
02 FEV 2024
SAÚDE
Secretaria de Saúde alerta para prevenção da dengue
enviar para um amigo
receba notícias
Neste período de verão, com calor é intenso e chuvas frequentes, o risco de acúmulo de água nos imóveis é maior, tendo como consequência o ambiente adequado para reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.
Para conter o aparecimento de casos positivos, o Serviço de Vigilância Epidemiológica orienta que toda a população se comprometa em eliminar de suas residências todo o material que possa se tornar um criadouro do mosquito. Até o momento, Penápolis tem 11 casos de dengue notificados que aguardam o resultado de exame e nenhum caso positivo.
Segundo o secretário de Saúde, o médico Luiz Washington Bozzo Nascimento Filho, o empenho da população nos cuidados preventivos é fundamental para evitar o aumento de casos da doença. “A Prefeitura faz a sua parte em orientar os moradores, mas todos devem contribuir. Reservar 10 minutos para vistorias sua casa, ver se há algum local com acúmulo de água, eliminar todo tipo de criadouro é essencial no combate à dengue”, enfatizou.
Entre as ações preventivas executadas pela Secretaria de Saúde está a visitação casa a casa realizada pelos agentes comunitários. Para reforçar as equipes, a Prefeitura contratou temporariamente novos apoiadores de combate a dengue. Vale lembrar que todos os profissionais que atuam nas visitas casa a casa estão devidamente uniformizados e com crachás de identificação. Em caso de dúvidas, o morador pode entrar em contato com o Serviço de Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3652-7802.
O serviço ainda promove a realização de controle de criadouros ao redor de 150 metros ao redor de todos os casos notificados de dengue. Nos casos confirmados, será realizada a aplicação de inseticida, conhecido como “fumacê”. O setor efetua os atendimentos de solicitações feitas na Ouvidoria e reclamações da população com denúncias de problemas relacionados a criadouros de pernilongos, casas abandonadas ou desabitadas.
  
Saiba como eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti:
- Mantenha a caixa da água bem fechada. Coloque também uma tela no ladrão da caixa;
- Mantenha as calhas sempre limpas, evitando o acúmulo de folhas e galhos que possam impedir o escoamento da chuva;
- Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
- Mantenha lixeiras bem tampadas;
- Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
- Preencha pratos de vasos de plantas com areia;
- Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
- Os vasos sanitários fora de uso ou de uso eventual dever ser tampados e verificados semanalmente;
- As bandejas de geladeira também podem acumular água, fique atento;
- Pneus devem ser acondicionados em locais cobertos;
- Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
- Nos cemitérios também é preciso cuidado: retirar embalagens plásticas de vasos de flores naturais, já que podem acumular água parada. No caso de vasos fixos as pessoas devem depositar apenas flores artificiais, colocando areia até a borda superior. É preciso ainda providenciar furos no fundo dos recipientes para escoamento de águas que por ventura se acumularem.
 
Secom – PMP
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia